Como Gerar GPS: Como Calcular GPS, Emissão em Atraso

A Guia da Previdência social é um documento muito importante tanto para o trabalhador como o contratante, ou empresário. Portanto, aprenda neste artigo, informações sobre a Guia, Como Gerar GPS em padrões normais, quando em atraso e como calculá-la pela internet. Saiba mais!

Como Gerar GPS

Como Gerar GPS

Confira também: Tabela INSS 2021.

O que é a Guia da Previdência Social?

A Guia da Previdência Social, conhecida pela sigla GPS, é um documento gerado a partir do recolhimento de contribuições sociais advindas de empresas do contribuinte facultativo, individual, segurado de maneira especial ou até mesmo afiliados ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O pagamento da GPS é de suma importância para manter todas as contribuições em dia e para não sofrer com possíveis juros ou ações desnecessárias. Tal documento, é utilizado com o intuito de gerenciar o INSS de cada trabalhador.

Veja na sequência quais os indivíduos que devem fazer o recolhimento da Guia da Previdência Social:

  • Contribuintes individuais: todos os trabalhadores que prestam serviços independentes, ou seja, sem vínculo empregatício algum;
  • Contribuintes facultativos: qualquer cidadão brasileiro que possua mais de 16 anos e que tenha renda própria;
  • Contribuintes especiais: todos os trabalhadores rurais ou pescadores de pequeno porte;
  • Empregados domésticos: tanto o empregador quanto o trabalhador são responsáveis pelo recolhimento da GPS.

Veja, posteriormente, como efetuar a emissão da Guia da Previdência Social totalmente online, e como emitir em caso de atraso. Entenda!

Como Emitir a Guia do INSS Online

Confira como emitir a Guia GPS Online:

  • Entre no site Receita Federal, pelo link: www.gov.br/receitafederal/pt-br;
  • Clique na opção “Emissão de GPS para Contribuinte”;
  • Sequencialmente, será obrigatório demonstrar se você é contribuinte filiado antes ou depois do dia 29/11/1999;
  • Escolha a categoria e insira o número do seu NIT/PIS/PASEP, e clique em “Confirmar”, para prosseguir;
  • Posteriormente, informe seu nome, telefone e endereço, o código de pagamento e o salário;
  • Na sequência insira o CNPJ, CEI, NIT, PIS ou PASEP;
  • Por fim, informe o valor a recolher;
  • E ao final, clique em “Gerar GPS”
  • Por fim, seu arquivo estará pronto para download ou impressão.
Como Emitir a Guia do INSS Online

Como Emitir a Guia do INSS Online

Como Emitir a Guia do INSS em atraso

O sistema SAL (Sistema de Acréscimos Legais) calcula automaticamente a Guia da Previdência Social que esteja em atraso, já com as devidas atualizações e tributos. O juros bruto cobrado é sempre equivalente à taxa Selic, ou seja, o cálculo é realizado a partir do primeiro dia do mês subsequente à data de vencimento da GPS até o mês anterior do pagamento com o acréscimo de 1% aos 30 dias finais.

A multa, em si equivale a 0,33% do valor total da GPS a cada dia atrasado, na contagem geral. Portanto, o limite estabelecido para o vencimento é de até 20%.

Por fim, independente se for empresa ou individual, não há a possibilidade de acordo por ligação telefônica, portanto a melhor opção é utilizar os meios digitais.

Em relação ao pagamento da Guia da Previdência Social, o mesmo deve ser realizado pessoalmente em qualquer banco ou casa lotérica, e virtualmente pelo internet banking, aplicativo de qualquer banco, debito automático, ou até mesmo código de barras.

Como Calcular GPS

Siga o manual prático a seguir, para aprender a calcular a Guia da Previdência Social, que esteja em dia ou fora do prazo:

  • Acesse o SAL, pelo link: sal.receita.fazenda.gov.br/PortalSalInternet;
  • Escolha um entre os módulos apresentados;
  • Insira o PIS/PASEP do contribuinte em questão;
  • Preencha a verificação de segurança do site e prossiga;
  • Informe todos os dados pessoais no formulário do site;
  • Acesse a GPS pessoal para fazer o recolhimento final.
  • Vale ressaltar que cada GPS possui valores diversos, pois o cálculo varia devido à inúmeros fatores, bem como salários ou remunerações.

Leave a Reply