Aposentadoria Especial 2021: Requisitos, Regras

Você já ouviu falar sobre a aposentadoria especial? Quer saber com ela funciona e se você tem direito a ela ou não? Então, é fundamental que você esteja ciente de que ela é um direito das pessoas que trabalham expostas a agentes e locais que são considerados nocivos à saúde. Isso em um ou mais dos quesitos que englobam penosidade, insalubridade ou periculosidade. No entanto, por se tratar de algo que gera várias dúvidas, é interessante entender mais sobre. Assim sendo, veja abaixo maiores informações referentes a aposentadoria especial 2021.

Aposentadoria Especial 2021

Aposentadoria Especial 2021

Quem tem Direito à aposentadoria especial?

A principal dúvida referente a esse tipo de aposentadoria é sempre sobre quem tem direito.

Afinal de contas, como ficou evidente, ela não é ofertada para todo mundo, sendo preciso estar dentro de alguns quesitos para recebê-la.

  • À vista disso, as pessoas que tem direito a ela são aquelas que trabalham em alguma função que as coloquem em risco ao longo do tempo de serviço.
  • Então, pode ser um local considerado perigoso ou até mesmo um ambiente em que o colaborador esteja exposto a produtos que são prejudiciais à saúde.
Quem tem Direito

Quem tem Direito

Normalmente, esses locais são estabelecidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas, conhecido como CLT, onde são mencionados os ambientes e também os produtos em questão.

Contudo, para receber essa aposentadoria especial, além de trabalhar em algo que traga risco ou ser exposto a algum agente, o trabalhador ainda deve ter cerca de 180 contribuições no mínimo.


Requisitos para Receber a Aposentadoria Especial 2021

Como foi mencionado, há requisitos para receber a aposentadoria especial 2021 e são eles:

  • É necessário comprovar que a sua função exercida coloca a sua vida ou saúde em risco;
  • Você deve ter contribuído com o INSS 2021 há cerca de 15 a 25 anos, dependendo da atividade exercita;
  • É preciso estar expostos de maneira contínua ao agente nocivo no seu ambiente de trabalho;
  • É fundamental ter cerca de 180 meses de atividade na área;
  • Você ainda deve apresentar os documentos da empresa que comprovem a exposição aos agentes durante a execução das suas atividades.

Por conseguinte, se você se enquadra nas exigências abaixo, automaticamente você tem direito a receber a aposentadoria especial.

Requisitos para Receber a Aposentadoria Especial 2021

Requisitos para Receber a Aposentadoria Especial


Como Agendar a Aposentadoria Especial INSS 2021

Com a informatização de diversos serviços, inclusive do INSS, não é mais preciso ir até um posto de atendimento para fazer consultas. Você pode apenas realizar um agendamento online por meio do site MEU INSS.

Dessa forma, os beneficiários poderão escolher o melhor dia e horário para atendimento em uma agência da Previdência Social.

Abaixo você pode conferir o passo a passo de como realizar o agendamento INSS:

  • O primeiro passo é acessar o site do INSS, pelo seguinte link: https://www.inss.gov.br/;
  • Na página aberta selecione a opção “Agendar”;
Agendar

Agendar

  • Faça login no site com seu CPF e senha, ou então cadastre-se;
  • Em seguida, selecione a opção “Agendamentos/Solicitações”;
  • Selecione a opção “Aposentadoria por Tempo de Contribuição”;
  • Por fim, informe os dados necessários e escolha o local, data e horário para agendar.
Como Agendar a Aposentadoria Especial INSS 2021

Como Agendar a Aposentadoria Especial INSS 2021


Documentos Necessários para Aposentadoria Especial

Depois que você realizar o agendamento, será preciso separar todos documentos necessários para dar entrada na sua Aposentadoria Especial INSS.

Veja quais são esses documentos abaixo:

  1. Carnês de contribuição;
  2. Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).
  3. Documentos que comprovem a exposição a agentes nocivos;
  4. Identidade e CPF;
  5. Carteira profissional.

Valor da Aposentadoria Especial 2021

Obviamente que o valor da aposentadoria especial é um ponto que gera muita dúvida e curiosidade.

No entanto, como já era de se imaginar, essa quantia sofre variação, pois tudo depende do agente nocivo a qual você estar exposto na sua jornada de trabalho.

Dessa maneira, o governo realiza um cálculo levando em consideração o tempo de contribuição, que é de 80%.

  • Então, quem contribui por 25 anos, que se refere a 240 meses, por exemplo, pega-se os 60 menores e 20%, tirando assim a média aritmética.
  • No fim, o valor de 240 é dividido pelo mesmo valor, se obtendo assim a média aritmética simples.

Agentes Nocivos

Os agentes nocivos são divididos em 3 categorias, veja cada uma delas abaixo:

  • Químicos – onde são levados em consideração 25 anos de atividade;
  • Biológicos – onde também são considerados 25 anos de atividade;
  • Físicos – também são considerados os 25 anos de atividade.
Agentes Nocivos

Agentes Nocivos